Associação portuguesa na Suíça organiza homenagem a Aristides de Sousa Mendes

Decorrem as inscrições para o evento em honra do filantropo português que, durante a IIª Guerra Mundial, terá salvo mais de 30 000 refugiados do terror nazi.
A Associação Luso-Suíça Laços prepara uma homenagem a Aristides de Sousa Mendes, o antigo cônsul de Portugal em Bordéus que, no desempenho destas funções, concedeu milhares de vistos de entrada em Portugal a refugiados de várias nacionalidades que desejavam fugir de França durante a IIª Guerra Mundial, à revelia do Estado português liderado por Salazar.
O evento em honra do filantropo, que terá salvo a vida a mais de 30 000 pessoas, está marcado para 17 de setembro, na Salle Communale de Carouge, nos arredores de Genebra.
A programação tem início às 15H00, com a projeção de “O Cônsul de Bordéus”, filme de 2011 sobre a vida de Aristides de Sousa Mendes. Na mesma tarde terá lugar uma mesa redonda sobre o homenageado, finda a qual será dado o nome de Aristides será dado a uma árvore, numa cerimónia solene.
Depois de um jantar com gastronomia portuguesa, a noite decorre com concertos de projetos musicais portugueses. Charlie Mancini, alter-ego do músico e produtor Pedro Marques Pereira, protagoniza a primeira atuação, ainda durante o jantar, a qual será sucedida por Emanuel Soares e posteriormente pelos Anjos da Noite.
As reservas para o jantar podem ser efetuadas por telefonema para um dos números disponibilizados para o efeito (076 710 99 41 e 078 78431 55) ou enviando um mail para associationlacos@gmail.com. A Associação Laços conta com o apoio de diversas entidades, entre as quais o Consulado-Geral de Portugal em Genebra.

Exit mobile version