Brasil. Carnaval do Rio promete “maior espetáculo de todos os tempos”

Foto: Fernando Grilli | Riotur

Os desfiles de Carnaval do Rio de Janeiro foram adiados, para os dias 22 e 23 de abril, devido às restrições em vigor para combater a pandemia da Covid-19.

Depois de um ano paradas, as escolas de samba ensaiam com afinco prometendo dar ao público “um espetáculo que o faça esquecer as privações e perdas causadas pelo coronavírus”. As escolas de samba do Grupo Especial já iniciaram os ensaios técnicos na Marquês de Sapucaí.

O diretor de Carnaval da Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (LIESA), Elmo José dos Santos, diz que “agora virou Carnaval. Todo o mundo concentrado, respeitando todos os protocolos da Secretaria de Saúde e se Deus quiser, vamos brindar esse público o maior espetáculo de todos os tempos”.

“Tenho um sentimento de gratidão. Vimo-nos privados dos nossos momentos de lazer, da nossa liberdade. Obviamente, estou triste por não ver alguns amigos que já não estão aqui connosco, mas tenho gratidão a Deus por nos permitir dar continuidade às nossas vidas, aos nossos momentos de lazer, e os nossos momentos de samba”, diz a carioca Aida Viana.

Os ensaios contam com a presença dos adeptos de cada escola nas bancadas. O uso de máscara de proteção deixou de ser obrigatório, no Rio de Janeiro, no entanto, para entrar na Cidade do Samba é necessário apresentar o certificado de vacinação.

 

Exit mobile version