Começa hoje a Bienal de Arte Contemporânea de Trás-os-Montes

O Município de Macedo de Cavaleiros inaugura esta quarta-feira, dia 29 de junho, às 16 horas, a primeira edição da “Linha de Água” – Bienal de Arte Contemporânea de Trás-os-Montes.

A cerimónia decorre na antiga estação ferroviária de Macedo de Cavaleiros e conta com a presença da Diretora Regional de Cultura Norte, Laura Castro.

Esta inauguração está inserida no primeiro dia da Feira de São Pedro 2022, que irá decorrer até ao próximo dia 2 de julho. A abertura oficial realiza-se hoje no Parque Municipal de Exposições, a partir das 18h30, e conta com a presença do Secretário de Estado da Agricultura, Rui Marinho, e da Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional, Isabel Ferreira.

“É um dos momentos marcantes no ano para os macedenses e, em particular, para os comerciantes e produtores do nosso concelho, que têm nesta feira uma excelente montra para se promoverem, bem como os seus produtos”, referiu o presidente da Câmara de Macedo, Benjamim Rodrigues.

O autarca recordou que “este é um primeiro passo rumo à normalidade pré-pandémica, até porque a realização da Feira é um importante impulso à economia local”.

Já no que diz respeito à Bienal de Arte Contemporânea, Benjamim Rodrigues, frisou que “este é um investimento no território artístico do concelho e da região”. O líder do executivo macedense adiantou que a exposição irá estar patente durante três meses no Museu de Arte Sacra, na antiga estação ferroviária e futura sede do Geopark Terras de Cavaleiros, bem como no Convento de Balsamão, no Centro Cultural de Macedo de Cavaleiros e na Junta de Freguesia de Macedo de Cavaleiros.

“Queremos levar a arte a todo o território do concelho, levar aos macedenses um conjunto de expressões artísticas que, em muitos casos, dificilmente teriam oportunidade de conhecer”, salientou.

 

Exit mobile version