Estátua de João Paulo II inaugurada em Ponta Delgada

A Câmara de Ponta Delgada, nos Açores, inaugura hoje uma estátua de João Paulo II no aeroporto da ilha de São Miguel, 25 anos após a visita deste papa ao arquipélago.
“Agora que temos os meios e que os custos são substancialmente reduzidos, era para mim inaceitável, estando nós na posse da estátua, não ter uma solução, encontrada em consenso com a ANA”, afirmou o autarca José Manuel Boleiro (PSD) na reunião pública do executivo municipal.
Em maio de 2009, a Câmara de Ponta Delgada anunciou a construção de um monumento de homenagem a João Paulo II, a erguer junto ao aeroporto que tem o nome do único papa que visitou os Açores, em maio de 1991.
Nesse sentido, a autarquia celebrou um protocolo com a ANA, empresa que gere os aeroportos nacionais, tendo em vista a cedência do espaço para a localização da estátua, da autoria do escultor Álvaro Raposo França, no separador central da via de acesso ao aeroporto. Esta localização foi entretanto alterada.
José Manuel Boleiro informou que, segundo o novo acordo estabelecido com a ANA, a autarquia fica responsável por pagar 12.800 euros, enquanto a empresa paga a despesa da iluminação cénica.
“Estamos hoje numa situação radicalmente diferente da que era o projeto inicial e temos de nos conformar com a realidade e não com as intenções”, referiu o autarca, alegando que, tendo em conta o custo inicial de cerca de 140 mil euros, “nunca foi uma prioridade” para o município a concretização deste projeto.
Segundo José Manuel Bolieiro, durante estes anos o município recebeu outras propostas para localização da estátua fora da zona do aeroporto.
A vereação socialista acusou o presidente de ter faltado ao compromisso de haver uma auscultação pública quanto à localização da estátua, não sendo cumprido o protocolo inicial.
“O presidente da câmara parece ter trocado a auscultação pública por uma comparticipação financeira e nós achamos isso lamentável”, afirmou Sónia Nicolau, acrescentando que desde 2009 que a estátua aguardava uma solução num armazém.
A cerimónia de inauguração e bênção da estátua, localizada próxima da aerogare, decorre às 11H00 (mais uma hora em Lisboa), com a presença do bispo de Angra, João Lavrador.
O primeiro convite dirigido ao Vaticano para que o papa se deslocasse aos Açores foi enviado em 1978 por Mota Amaral, o primeiro presidente do Governo Regional dos Açores.
Seguiram-se novos convites, em 1980 e em 1984, que culminaram com a visita de João Paulo II, a 11 de maio de 1991, às ilhas Terceira e São Miguel.
João Paulo II teve um dos pontificados mais longos da história da Igreja Católica, tendo sido eleito em 1978 e falecido em 2005.

Exit mobile version