Estatuto Editorial

Projeto editorial que divulga e promove uma imagem positiva de Portugal junto da sua emigração e em países de expressão lusófona através da divulgação de conteúdos especialmente preparados em vários temas: Portugal, Comunidades, Lusofonia, Mundo, Economia, Gastronomia e Vinhos e Turismo e Viagens, tendo como elo de ligação a Língua Portuguesa.

Comunidades Lusófonas assume-se como um referencial identitário, aquém e além-fronteiras, na consolidação do espaço da lusofonia e na afirmação de um Portugal moderno, empreendedor e acolhedor, levando aos portugueses e lusodescendentes que vivem e trabalham no estrangeiro e, também, aos países de expressão portuguesa e respetivas comunidades no exterior, uma informação com jornalismo independente e de qualidade

O projeto COMUNIDADES Lusófonas, como plataforma de comunicação multicanal, incluindo a edição de revistas ou outras publicações periódicas é independente e não tem qualquer orientação de natureza política, ideológica ou económica.

Rege-se no exercício da sua atividade, pelo cumprimento rigoroso das normas éticas e deontológicas do jornalismo. Faz do rigor, seriedade e honestidade a sua matriz.

Distingue claramente os artigos de opinião, noticiosos e informativos da publicidade, mas reserva-se o direito de interpretar e relacionar factos sempre no respeito da legislação em vigor.

Define as prioridades informativas e noticiosas exclusivamente por critérios de interesse público e de utilidade da informação para os seus leitores e rejeita qualquer tipo de censura ou limitação à liberdade de informar.

Pretende-se com este projeto:

Promover e divulgar internacionalmente a Cultura e a Língua Portuguesa;

Promover a economia portuguesa, dando a conhecer as empresas e marcas nacionais que operam ou pretendem operar nas diferentes comunidades ou países de acolhimento, promovendo assim o consumo de produtos nacionais no exterior, apoiando-as nos seus processos de internacionalização;

Promover e apoiar a dinamização do tecido empresarial da diáspora portuguesa e países lusófonos e do seu duplo potencial, enquanto origem de fluxos de investimento e destino de iniciativas de diversificação do mercado, por parte dos empresários;

Informar e apoiar as novas gerações de emigrantes que procuram além-fronteiras novos desafios profissionais, mais formação, conhecimento e novas competências, que os valorizará na contribuição que, no futuro, possam dar ao desenvolvimento do seu país;

Contribuir para o reconhecimento das anteriores gerações de emigrantes portugueses e da contribuição dada ao seu país, com o esforço de trabalho de uma vida de sacrifícios e poupança, que sempre se traduziu no envio de divisas para Portugal, mas muitas vezes também através dos investimentos feitos nos seus locais de origem.

Edição Online – Leitura Grátis

Receber Revista Digital (grátis)

blank

Email Marketing by E-goi.

Ao subscrever, a informação partilhada será usada de acordo com a Política de Privacidade

Siga-nos nas redes sociais