Finlândia doa 18 ME ao setor da educação em Moçambique

O Governo da Finlândia doou 18 milhões de euros ao setor da educação em Moçambique para implementação do plano estratégico para “melhoria da qualidade de educação” no país, anunciou a embaixada em comunicado.

A doação resulta da assinatura de um acordo entre os dois países, que “reafirma a vontade e o compromisso de melhorar a qualidade da educação e o acesso às oportunidades de aprendizagem para todos”, referiu a embaixada da Finlândia no comunicado.

Além de apoiar a implementação do quarto Plano Estratégico do Setor da Educação em Moçambique, o montante vai contribuir também para “minimizar a pressão do setor na resposta à covid-19”.

O valor foi canalizado através do Fundo Comum de Apoio ao Setor da Educação (Fase) e deverá cobrir os anos de 2021 e 2022.

“A Finlândia presta atenção especial à igualdade e inclusão da educação, em particular no acesso das raparigas à escola, educação bilíngue, gestão escolar e formação de professores”, concluiu a embaixada.

Segundo o comunicado, a Finlândia disponibilizou ao Fase, desde 2003, cerca de 135 milhões de dólares (114 milhões de euros).

Exit mobile version