França: Jovens Portuguesas de Valor – As empreendedoras Kelly e Katy

França: Jovens Portuguesas de Valor - As empreendedoras Kelly e Katy

Kelly e Katy são duas gémeas lusodescendentes gerentes da Paris-Porto, uma mercearia de produtos portugueses localizada no coração de Paris. Nos últimos anos, receberam vários prémios e têm seduzido a clientela francesa, encantada com os sabores portugueses.

Em entrevista à Lusopress falaram do seu espaço, dos desafios e oportunidades dos produtos portugueses e do que faz de Kelly e Katy Jovens Portuguesas de Valor.

Nascemos em 1992 em Sartrouville, nos arredores de Paris. Os nossos pais são portugueses: a nossa mãe é de Vieira Do Minho, Braga e o nosso pai é de Pombal, Leiria. Esta é a razão pela qual sempre tivemos uma ligação muito forte com Portugal. É o nosso país de coração!

O nosso percurso académico foi sempre orientado para o comércio sem esquecer a língua portuguesa. Tenho um Bacalaureat Científico, mas a minha paixão pelas línguas levou-me a estudar LEA (Línguas Estrangeiras Aplicadas) na Universidade de Nanterre e a tirar um mestrado também em LEA. Também tirei um Mestrado em Estudos Ibéricos e Latino-Americanos na Universidade de Sorbonne.

Durante o meu percurso, tive a sorte de fazer Erasmus na Universidade Católica de Lisboa e de redigir vários trabalhos. Os que mais me marcaram foram os que diziam respeito a campanhas publicitárias da produção nacional e o seu impacto junto dos clientes. Foi nesse momento que quis começar a promover os produtos e a cultura portuguesa em França.

Quando acabei os meus estudos, fiz um estágio de 6 meses na Delta, em França, e fui comercial Delta CHR (Café, Hotel, Restaurante) em Paris. Para mim, foi uma ótima experiência porque trabalhava e falava português todos os dias e, sobretudo, podia dar a conhecer um produto simbolicamente português em França.

Todas estas experiências e o meu amor por Portugal levaram-me a abrir o meu próprio espaço. Queríamos partilhar a cultura e os produtos portugueses em Paris.

O empreendedorismo sempre fez parte dos vossos planos ou surgiu mais tarde?

Todas estas experiências e o meu amor por Portugal levaram-me a abrir o meu próprio espaço. Queríamos partilhar a cultura e os produtos portugueses em Paris e, mais particularmente, no nosso bairro favorito: Montmartre.

Tudo isto nunca teria sido possível sem a ajuda e o apoio dos meus pais, das minhas irmãs Katy e Meggie (arquiteta que pensou e concebeu a loja) e dos meus amigos próximos, que me apoiaram e deram força.

A Katy também tem um Bacalaureat Científico e um Diploma em Contabilidade e Gestão da Escola Nacional de Comércio (ENC). Logo a seguir, ingressou numa Escola de Comércio que pertence à Câmara de Comércio e da Indústria de Paris: Novancia Business School à Montparnasse. Durante o seu Mestrado, fez a parte prática num grossista de produtos alimentares português — o Mondexport. Também fez um estágio em Portugal, nas Caldas-da-Rainha, e trabalhou na empresa Portugal Heart que comercializa produtos artesanais portugueses. Ela ajudou-me com os seus conhecimentos e experiência.

 Porquê uma mercearia de produtos portugueses?

Desde pequena que me lembro da mercearia da aldeia e do mercado da saudade com todos os produtos da minha infância. Fiz Erasmus em Lisboa e quando passeava pelas suas ruas ficava fascinada ao ver lojas como a “A Vida Portuguesa”, da Catarina Portas. Deu-me vontade de ter a minha própria montra em Paris para dar a conhecer a nossa seleção de produtos nacionais.

 Quais são os produtos mais elogiados pelos vossos clientes?

Os pastéis de nata que selecionamos com muito rigor e os produtos artesanais são, sem dúvida, os produtos mais elogiados. Eles ficam admirados com a vasta gama de produtos que dispomos. As nossas conservas da Conserveira de Olhão, os vinhos de norte a sul de Portugal…

Conseguimos dar a conhecer um pouco de tudo aos nossos clientes. Mas sobretudo produtos de qualidade que representam o nosso país.

Num país cuja gastronomia é conhecida e adorada em todo o mundo, há espaço para os sabores lusitanos? Que desafios e oportunidades sentem que existem?

A maior parte dos clientes que entra na nossa loja adora Portugal. Ou porque já lá foram ou porque conhecem portugueses. Ficam encantados com os nossos produtos! A gastronomia francesa e portuguesa, são totalmente diferentes e há muitos franceses que não conhecem e que aos poucos vão descobrindo as maravilhas que temos em Portugal. Por exemplo, os vinhos do Dão, os enchidos, os queijos… São sabores que adoram e que são muito diferentes dos sabores aos quais estão habituados. O desafio é sempre surpreender o cliente com novidades originais e produtos de qualidade.

 Sentem que a Paris-Porto ajuda os portugueses emigrados a matarem saudades de Portugal?

Completamente! O meu maior orgulho é quando um português emigrante entra na loja e fica emocionado porque tem a sensação de estar em Portugal:  vê todos os produtos, o painel de azulejos pintado à mão, a Rádio Comercial a tocar….

A reação dos portugueses que entram na loja é muito marcante. Parece que fazem uma viagem no passado quando vêm as Sombrinhas de Chocolate Regina e as pastilhas Gorila. Adoro ver a reação deles ao ver produtos que já não vêm há vários anos ou que só costumam ver em Portugal.

Também temos a sorte de contar com artistas portugueses que vivem em Montmartre e isso é mais um motivo de orgulho. Os clientes podem tomar um café e um pastel de nata e ter a sensação de estar em Portugal. Nem que seja por uns minutos!

O meu maior orgulho é quando um português emigrante entra na loja e fica emocionado porque tem a sensação de estar em Portugal.

Que ligação mantêm a Portugal?

Mantemos uma ligação muito forte com Portugal! Precisamos de ir todos os anos para matar as saudades, ver os nossos fornecedores e ver que novidades estão no mercado.

De facto, é sempre um prazer dar a conhecer pequenos produtores na nossa loja e assim ser uma montra de Portugal a nível internacional.

Exit mobile version