Livraria Lello festeja 116 anos com traduções de “Os Lusíadas” e “Mensagem” em árabe

Porto 30 / 07 / 2020 - Livraria idealiza ilha dos livros. ( Igor Martins / Global Imagens )

Na próxima quinta-feira, dia em que assinala 116 anos, a Livraria Lello dá a conhecer as primeiras traduções para árabe de “Os Lusíadas” e “Mensagem”. Os músicos Ricardo Ribeiro e Tiago Bettencourt vão participar na sessão comemorativa.

A apresentação pública das primeiras traduções para árabe de “Os Lusíadas”, de Luís de Camões, e “Mensagem”, de Fernando Pessoa, é o ponto alto das comemorações dos 116 anos da Livraria Lello, marcadas para a manhã da próxima quinta-feira, dia 13.

O lançamento vai ter lugar no Pavilhão de Portugal da Expo Dubai, mas será transmitido num ecrã gigante na livraria portuense, no âmbito de uma sessão especial em que, além do tradicional bolo de aniversário, estão previstas breves atuações de Ricardo Ribeiro e Tiago Bettencourt.

A população vai também ser chamada a participar. Assim, os primeiros 116 visitantes da centenária livraria vão receber um exemplar de “Os Lusíadas” ou “Mensagem” em árabe.

Todos os que passarem pela livraria Lello ao longo do dia poderão ainda provar uma fatia de um bolo que consiste na representação de um painel de azulejos temporário, com uma interpretação da fachada da Livraria Lello desenhada pelo ilustrador português Gonçalo Viana.

Apesar de serem considerados os principais poemas épicos de língua portuguesa, as duas obras não tinham sido ainda traduzidas para árabe, idioma que, com os seus 274 milhões de falantes, é o quinto mais falado em todo o Mundo.

A tradução esteve a cargo de Abdeljelil Larbi, professor de Literatura Árabe no Instituto Universitário de Lisboa, e, de acordo com Aurora Pedro Pinto, administradora da Livraria Lello, “é um motivo de grande satisfação, como exportadores e promotores da Literatura e da Cultura portuguesas, contribuirmos para que duas obras que retratam de forma tão especial o país e o seu povo cheguem ao mundo árabe”.

Exit mobile version