Madalena do Pico eleita Cidade Portuguesa do Vinho 2017

Numa competição renhida, a cidade da ilha do Pico, nos Açores, deixou para trás os municípios de Moura, Pinhel, Foz Coa e a candidatura conjunta de Alenquer e Torres Vedras.
Madalena do Pico, nos Açores, foi eleita a Cidade do Vinho 2017. A decisão foi anunciada esta semana pela Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV), que destaca “a singularidade das suas vinhas, aclamadas em 2004 pela Unesco como Património da Humanidade, que considerou aquela área uma das mais complexas estruturas criadas pelo Homem.”
Antes da escolha, a AMPV havia referido a dificuldade em torno da eleição da próxima Capital do Vinho, tendo em conta as “cinco candidaturas muito fortes.”
Ao longo do próximo ano, o município de Madalena do Pico propõe realizar um vasto conjunto de eventos “que irão fazer da Madalena o principal núcleo da vitivinicultura na região e no país”.
Conhecido como a capital açoriana da Vinha e da Vinho, o município de Madalena acredita que este título irá contribuir de forma significativa para a promoção da vitivinicultura, do vinho, das vinhas e das suas mais intrínsecas tradições, numa clara aposta do município num dos mais importantes setores económicos locais, reconhecendo o importante trabalho de todos aqueles que se dedicam à produção de vinho.
É o município de Lagoa, no Algarve, que detém o título até ao final deste ano.
Reveja o vídeo de apresentação da candidatura da cidade açoriana:

Exit mobile version