Mais quatro Estrelas Michelin para restaurantes portugueses

Lisboa recebeu, pela primeira vez, a gala de entrega das estrelas Michelin de Portugal e Espanha.
A escolha de Portugal como país anfitrião da gala das estrelas Michelin de Portugal e Espanha é, segundo o Turismo de Portugal, um reconhecimento da, cada vez maior, relevância da gastronomia portuguesa no panorama internacional.
Quatro restaurantes nacionais foram contemplados na atribuição das estrelas destacando-se ‘Alma’, de Henrique Sá Pessoa, que conseguiu a sua segunda estrela.
O ‘G Pousada’ em Bragança, sob direção do chef Óscar Gonçalves, ‘A Cozinha’ do chef António Loureiro localizado em Guimarães, e ‘Midori’ dirigido pelo chef Pedro Almeida, em Sintra, são os outros eleitos pelo Guia Michelin.
O destaque vai para o facto destes três restaurantes se localizarem fora de grandes centros urbanos, confirmando que a gastronomia nacional é um ativo de referência em todo o território.
A secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, sublinha que «a realização da gala Michelin em Portugal pela primeira vez é um marco que demonstra a afirmação e notoriedade e da gastronomia portuguesa. A gastronomia portuguesa está cada vez mais nas bocas do mundo. Olhando para 2015, Portugal já conseguiu duplicar o número de estrelas e de restaurantes com esta distinção. Evidência desta notoriedade é o número crescente de artigos internacionais sobre gastronomia e vinhos portugueses bem como a eleição como destino imperdível de gastronomia por parte de uma das maiores operadoras de turismo de luxo americano. Numa altura em que temos o Turismo a alargar a todo o território, é para mim uma satisfação especial assistir à chegada de duas novas estrelas a Guimarães e a Bragança».
Por sua vez, o presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo frisou que «é o momento para felicitarmos os chefs portugueses que foram justamente reconhecidos pela excelência na aplicação e desenvolvimento do seu trabalho. São incansáveis no apuramento da sua arte, levando mais longe a gastronomia portuguesa, um dos pilares da identidade cultural de Portugal, e enriquecendo o património nacional neste âmbito», afirmou, destacando que «são verdadeiros embaixadores de Portugal, contribuindo para a projeção do nosso país a nível mundial e para consolidar a perceção de que este é um destino ideal para conhecer novos sabores e disfrutar de experiências únicas.»
 
Lista dos restaurantes com estrela Michelin em Portugal
2 estrelas (6 restaurantes)
 . Alma – Lisboa (chefe Henrique Sá Pessoa) Novo
. Belcanto – Lisboa (chefe José Avillez)
. Il Gallo d’Oro – Funchal (chefe Benoît Sinthon)
. Ocean – Porches (chefe Hans Neuner)
. The Yeatman – Vila Nova de Gaia (chefe Ricardo Costa)
. Vila Joya – Praia da Galé (chefe Dieter Koschina)
 
1 estrela (20 restaurantes)
 . A Cozinha – Guimarães (chefe António Loureiro) Novo
. Antiqvvm – Porto (chefe Vítor Matos)
. Bon Bon – Carvoeiro – (chefe Louis Anjos)
. Casa de Chá da Boa Nova – Leça da Palmeira (chefe Rui Paula)
. Eleven – Lisboa (chefe Joachim Koerper)
. Feitoria – Lisboa (chefe João Rodrigues)
. Fortaleza do Guincho – Cascais (chefe Miguel Rocha Vieira)
. G Pousada – Bragança (chefe Óscar Geadas) Novo
. Gusto by Heinz Beck – Almancil (chefes Heinz Beck e Daniele Pirillo) 
. Henrique Leis – Almancil (chefe Henrique Leis)
. LAB by Sergi Arola – Sintra (chefe Sergi Arola)
. L’ And – Montemor-o-Novo (chefe Miguel Laffan)
. Largo do Paço – Amarante (chefe Tiago Bonito)
. Loco – Lisboa (chefe Alexandre Silva)
. Midori – Sintra (chefe Pedro Almeida) Novo
. Pedro Lemos – Porto (chefe Pedro Lemos)
. São Gabriel – Almancil (chefe Leonel Pereira)
. Vista – Portimão (chefe João Oliveira) 
. William – Funchal (chefes Luís Pestana e Joachim Koerper)
. Willie’s – Vilamoura (chefe Willie Wurger)

Exit mobile version