Moçambicanos retomam atividades moderadas em meio de pandemia

Moçambique entrou na terça-feira na segunda fase de relaxamento das restrições relacionadas com a COVID-19, com as instituições educacionais e locais de lazer retomando as operações sob condições especiais.

A medida segue a declaração do alívio das restrições em fases assinada pelo presidente Felipe Nyusi no início de agosto.

Ao mesmo tempo, o presidente Nyusi explicou que a segunda fase do relaxamento das medidas deve envolver a retoma de toda a educação técnica e profissionalizante, cinemas, teatros, casinos, academias de ginástica e escolas de motorista.

No entanto, muitos locais de negócios que estão enfrentando incertezas devido à pandemia não conseguiram reabrir na data indicada pela declaração do governo.

As autoridades de saúde do país exigem vigilância para medidas preventivas, incluindo o distanciamento social, higienizacão e uso de máscaras faciais compulsórios.

Moçambique declarou estado de emergência pela primeira vez em abril, com extensões posteriores. Espera-se que o atual estado de emergência termine em 6 de setembro.

Exit mobile version