“Portugal Sou Eu” com artesãos na 33ª edição da FIA

A 33ª edição da FIA decorre até o dia 12 de setembro, na FIL, e o stand “Portugal Sou Eu” (3F22) localiza-se no Pavilhão 3, dedicado ao Artesanato Nacional.

O “Portugal Sou Eu” regressa à Feira Internacional de Artesanato (FIA) com um espaço superior a 200 metros quadrados, onde vão estar expostos produtos artesanais de várias regiões de Portugal, das áreas da decoração, brinquedos, papelaria, moda e acessórios, de 12 Unidades Produtivas Artesanais aderentes ao programa.

No espaço “Portugal Sou Eu”, os visitantes podem conhecer o trabalho dos artesãos e ter a oportunidade de assistir a atividades ao vivo das marcas Artes e Amores, Botãozinho Colorido, Casa da Matilde, Ecodecor, ENTREOSOLLEALLUA, Extravaganzia By Laura Pinho, Fatoys, Fios com Tradição, NOOR Cerâmica, Riquezas de Artesanato, Rosulme e Yellow 8 Studio.

A adesão dos artesãos ao “Portugal Sou Eu” obedece a um regime simplificado, desde que possuam a Carta UPA – Unidade Produtiva Artesanal, concedida pelo CEARTE.

“Portugal Sou Eu”

O programa “Portugal Sou Eu” foi lançado em dezembro de 2012 pelo Governo de Portugal para dinamizar a competitividade das empresas portuguesas, promover o equilíbrio da balança comercial, combater o desemprego e contribuir para o crescimento sustentado da economia.

Dirigido ao setor Primário, Indústria, Serviços, Artesanato, Comércio a Retalho e por Grosso, Restauração e Alojamento com Restauração, o “Portugal Sou Eu” sinaliza, através da atribuição do selo, os produtos e serviços que geram valor em Portugal.

O programa, cofinanciado pelo Compete 2020, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, é gerido por um Órgão de Gestão formado pela Associação Empresarial de Portugal (AEP), Associação Industrial Portuguesa-Câmara de Comércio e Indústria (AIP-CCI), Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) e pelo IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, IP.

Exit mobile version