Portugueses constituem segunda maior nacionalidade estrangeira residente na capital do Luxemburgo

Ao todo residem 167 nacionalidades na principal cidade do país, onde 70,9% dos habitantes são estrangeiros, e os portugueses estão em grande destaque.

Na capital do Luxemburgo residem 128.514 habitantes e destes mais de 70% são de nacionalidade estrangeira, assim revelam as estatísticas populacionais de 31 de dezembro de 2021, divulgadas a semana passada pelo município.

Nesta cidade multicultural, onde continua a chegar gente de todo o mundo, desde os EUA à Oceânia, residem atualmente 167 nacionalidades diferentes, entre os 90.715 habitantes estrangeiros. Apenas 37.779 residentes são luxemburgueses (29,41%).

Desde 2005 que a população continua a crescer, de ano para ano, sem parar. Em 2005 residiam 85.100 pessoas na capital, e em 2020, a população era de 124.528 habitantes. No ano passado, passaram a residir na capital mais 3.986 pessoas e destas a maioria chegou de outros países.

Entre este colorido de culturas e idiomas a língua portuguesa é das mais faladas e ouvidas entre quem passeia pela capital ou se senta num café ou restaurante tipicamente lusitano, onde as bebidas, doces e pratos portugueses aconchegam a alma aos emigrantes portugueses e deliciam luxemburgueses e estrangeiros. Para os católicos praticantes, também há uma missa falada em português.

Os portugueses constituem a segunda maior nacionalidade estrangeira residente na principal cidade do Grão-Ducado, com 12.700 portugueses, a seguir aos 21.199 residentes franceses. Seguem-se os italianos (9.245), os espanhóis (4.604) e os belgas (4.529) como os mais representados entre tantas nacionalidades. Isto apesar dos luxemburgueses serem a maior população com 37.799 residentes.

Olhando as estatísticas publicadas pelo município verifica-se que há mesmo gente dos quatro cantos do globo na cidade do Luxemburgo. Apesar da grande maioria serem europeus (115.237), há também inúmeros asiáticos (6645), africanos (3426), americanos (2997) e até da Oceânia (137).

Bonnevoie-sud é o bairro mais populoso com 13 207 habitantes, e destes 67,85% são estrangeiros. Belair (12.139 habitantes), a Gare (11.713) e Limpertsberg (11.195) são os outros bairros com mais residentes. A Gare é na cidade o local com maior percentagem de estrangeiros, 83,98% contra apenas 16,02% de luxemburgueses.

Mas a capital do Grão-Ducado é também uma cidade bem jovem em que a maior parte dos residentes tem entre 23 anos e os 44 anos. No ano de 2021, os nascimentos na cidade (1.297) foram o dobro dos falecimentos (661).

A nível geral, os portugueses constituem a maior comunidade no Grão-Ducado, representando 15,6% da população total do país.

Exit mobile version