Reino Unido: Sete portugueses eleitos vereadores nas eleições locais britânicas

Pelo menos sete portugueses ou lusodescendentes entre 10 candidatos foram eleitos vereadores nas eleições locais britânicas em Inglaterra e Escócia.

Na Escócia, Martha Mattos Coelho, 44 anos, candidata pelo Partido Nacional Escocês (SNP) na área de Liberton/Gilmerton, em Edimburgo, foi eleita após uma décima contagem dos boletins.

A lisboeta foi favorecida pelo sistema de voto transferível, em que os eleitores classificam os candidatos por ordem de preferência, recolhendo assim os votos excedentes dos candidatos entretanto eleitos.

“Estava com o estômago na boca”, admitiu Coelho a propósito da ansiedade que sentiu à medida que o processo se prolongou.

Apesar de o SNP ter eleito mais vereadores em Edimburgo, vai precisar de negociar uma coligação para governar a autarquia.

Por outro lado, os bons resultados em geral do partido nacionalista, vincou a portuguesa, são “uma mensagem categórica dos escoceses a favor do referendo pela independência”.

Em Londres, Diogo Costa, de 23 anos, foi eleito pela circunscrição [ward] de Oval, e Sarina da Silva, 41 anos, na circunscrição de Waterloo e South Bank, ambos pelo ‘Labour’ na Câmara Municipal [Council] de Lambeth, no sul de Londres.

Neste município está concentrada uma numerosa comunidade lusófona, cerca dos 35.000 dos 328.000 habitantes, incluindo portugueses, brasileiros ou angolanos, pelo que a língua portuguesa é o segundo idioma mais falado, a seguir ao inglês.

No norte da capital britânica, a lusodescendente Lucia das Neves foi reeleita pelo ‘Labour’ em Haringey, pela circunscrição de Woodside Ward.

Ainda em Haringey, Nick da Costa foi reeleito pelos Liberais Democratas na circunscrição de Highgate.

Tiago Corais, de 43 anos, foi reeleito pela segunda vez [city councillor] pela circunscrição de Littlemore, em Oxford, desta vez para um mandato de quatro anos.

Fora da capital, Diogo Rodrigues, de 32 anos, foi eleito vereador [county councillor] da nova Câmara Municipal [county council] de Sommerset na circunscrição de Bridgwater East & Bawdrip pelo Partido Conservador.

Rodrigues aguarda ainda os resultados na freguesia [town council] de Bridgwater, onde também concorre o luso timorense Januário Gusmão pela circunscrição de Eastover, também pelo Partido Conservador.

No País de Gales, a conselheira das Comunidades Portuguesas, Iolanda Banu Viegas, de 48 anos, falhou pela segunda vez a eleição na vila de Wrexham pelo partido nacionalista galês Plaid Cymru, tendo obtido apenas 10% dos votos na circunscrição de Erddig.

Como vereadora continua em funções Carla Barreto, de 43 anos, eleita em 2019 como autarca independente na vila de Thetford, este de Inglaterra, tendo mais um ano de mandato.

Nas eleições locais de quinta-feira (5) foram a votos 146 das 333 autarquias em Inglaterra, as 32 localidades da Escócia e as 22 do País de Gales.

Inglaterra realiza quase todos os anos eleições locais, mas em diferentes autarquias ou circunscrições.

 

Exit mobile version