Remessas dos emigrantes subiram 7% para 306,2 milhões de euros em junho

As remessas dos emigrantes portugueses subiram 6,9%, para 306,2 milhões de euros em junho face ao período homólogo de 2020, registando-se uma descida de 2,1% em França, um dos maiores mercados emissores destas receitas.

De acordo com os dados do Banco de Portugal, os portugueses a trabalhar no estrangeiro enviaram 306,2 milhões de euros este ano, o que corresponde a uma subida de 6,89% face aos 286,4 milhões que enviaram em junho do ano passado.

Os emigrantes portugueses na Suíça foram os que enviaram o maior montante para Portugal em junho, 88,9 milhões de euros, o que representa uma subida de 9,25% face ao período homólogo.

Este valor está ligeiramente acima do que foi enviado pelos emigrantes portugueses em França (88,6 milhões de euros).

Em sentido inverso, os estrangeiros a trabalhar em Portugal enviaram para os seus países de origem em junho 45,7 milhões de euros, o que representa uma subida de 5,6% face aos 43,2 milhões enviados em junho do ano passado.

Exit mobile version