Salário mínimo nacional passa para os 705 euros já em janeiro

Foi aprovado esta quinta-feira, em Conselho de Ministros, o aumento do salário mínimo nacional para os 705 euros. Medida entra em vigor a partir de 1 de janeiro de 2022.

O Governo decidiu atualizar a retribuição mínima mensal garantida em 40 euros, puxando-a dos atuais 665 euros para 705 euros. Em causa está o maior acréscimo bruto de sempre do salário mínimo, uma medida que vai abranger 880 mil trabalhadores em Portugal.

Na conferência de imprensa que se seguiu ao Conselho de Ministros, a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, deu conta da aprovação do aumento do salário mínimo nacional (SMN) em 2022, para 705 euros, “na sequência da auscultação dos parceiros sociais”, cumprindo o compromisso assumido em 2015 e renovado em 2019 para “chegar a 2023 com 750 euros”.

“O Governo prossegue assim o objetivo de aprofundar, no quadro de negociação da concertação social, a trajetória de atualização real do salário mínimo nacional para atingir os 750 euros em 2023”, referiu a governante.

O Governo aprovou ainda um “apoio excecional” de 112 euros por trabalhador às empresas para levarem a cabo este aumento, o equivalente a cerca de 85% do acréscimo da taxa social única resultante dessa atualização.

Exit mobile version