Supermercados no centro de Ovar encerram devido a contágio de funcionários

Dois supermercados no centro de Ovar ficaram temporariamente encerrados devido à confirmação de casos de covid-19 entre os funcionários, revelou fonte do município em estado de calamidade pública, sob cerco sanitário e com controlo de fronteiras.
A informação foi confirmada pelo vice-presidente daquela autarquia do distrito de Aveiro, Domingos Silva, ao referir que em causa está o ‘staff’ do Pingo Doce, que, na cidade de Ovar, dispõe de um estabelecimento na Rua Aquilino Ribeiro, junto ao rio Cáster, e outro na Rua São João, na zona das Lavouras.
“Vão encerrar a loja e ela abrirá depois com outra equipa”, revelou o autarca sobre o supermercado da Aquilino Ribeiro, cujos restantes colaboradores ficam agora em quarentena.
À entrada do estabelecimento lê-se um aviso indicando que a reabertura está prevista para “o mais breve possível”, sendo que, entretanto, os clientes são aconselhados a procurar a loja de Esmoriz, também no concelho de Ovar, mas a cerca de 12 quilómetros de distância.
Por sua vez, o Pingo Doce das Lavouras já está a ser sujeito a desinfeção e, segundo relato de clientes e funcionários, deverá reabrir ao público já na terça-feira.
Contactada pela Lusa, a administração do grupo Jerónimo Martins, que detém a cadeia de supermercados Pingo Doce, não indica quantos colaboradores ficaram em quarentena, mas lista os procedimentos de segurança que está a adotar.
“Na sequência da declaração pelo Governo da situação de calamidade pública em Ovar motivada pela evolução epidemiológica registada, o Pingo Doce tomou a iniciativa de disponibilizar a todos os colaboradores das duas lojas a operar na cidade a realização de testes à Covid-19. Tendo-se apurado hoje três resultados positivos, procedeu-se de imediato ao encerramento das duas lojas de Ovar para uma higienização profunda”, revela fonte oficial do grupo Jerónimo Martins.
O supermercado da zona das Lavouras retoma a sua atividade já esta terça-feira e o estabelecimento da Rua Aquilino Ribeiro reabre na quarta.
“Ambas as lojas serão reabertas com as equipas de colaboradores que substituem os colegas que ficam agora de quarentena, seguindo a lógica rotativa que está em vigor no Pingo Doce desde o dia 16 de março”, nota a mesma fonte do grupo.
Dada a evolução da pandemia, na passada terça-feira o Governo declarou o estado de calamidade pública no concelho de Ovar e, desde as 00:00 de quinta, todo o país se encontra em estado de emergência, o que vigorará até às 23:59 do dia 2 de abril.
 

Exit mobile version