Taça de Portugal: cinco detidos por venda irregular de bilhetes

A Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) já deteve cinco indivíduos pelos crimes de “especulação e venda irregular de bilhetes” para a final da Taça de Portugal de futebol.

Segundo comunicado da ASAE, os suspeitos foram apanhados “em flagrante delito” ao “anunciarem a venda de bilhetes acima do seu valor facial, pretendo obter vantagem patrimonial indevida”.

“Foram ainda apreendidos 23 bilhetes com valores faciais que oscilam entre 15 e 20 euros encontrando-se os bilhetes à venda acima do seu valor oficial, chegando a ser pedidos cerca de 100 euros por bilhete, com margens de lucro a atingir os 500% de lucro por bilhete”, lê-se no texto.

Este tipo de crime de especulação é “punível com pena de prisão de seis meses a três anos e multa não inferior a 100 dias”, segundo a ASAE.

A final da Taça de Portugal realiza-se este domingo, no Estádio Nacional, em Oeiras, entre FC Porto e Tondela, a partir das 17:15 horas.

 

Exit mobile version