Treinadores portugueses avançam para os oitavos na Taça do Brasil

O Palmeiras, de Abel Ferreira, o Flamengo, de Paulo Sousa, e o Corinthians, de Vítor Pereira, qualificaram-se para os oitavos de final da Taça do Brasil em futebol, eliminando equipas de escalões inferiores.

 

Na eliminatória dos ‘16 avos’, na quarta-feira à noite, o Corinthians, líder do Brasileirão, era o único dos três que não tinha vencido na primeira mão, depois de um empate fora a 1-1 com a Portuguesa do Rio de Janeiro, do quarto escalão (Série D).

Em casa, o ‘Timão’ resolveu a eliminatória e venceu por 2-0, com golos de Júnior Moraes (oito minutos), avançado ucraniano que representava o Shakhtar Donetsk e reforçou a equipa já em março, face à guerra na Ucrânia, e de Giuliano (31).

Um pouco mais cedo o Flamengo, que já triunfara na primeira mão (2-1), venceu em casa o Altos, da terceira divisão (Série C), com a equipa a construir a vitória por 2-0 com golos de Gabriel Barbosa, aos 59 minutos, de penálti, e Viktor Hugo, aos 86.

O triunfo acontece numa fase de contestação dos adeptos, que exibiram faixas a pedir a saída do presidente Rodolfo Landim e do ‘vice’ Marco Braz, e quando a equipa é apenas 14.ª no campeonato, com uma vitória e dois empates em cinco jogos.

Em Londrina, no Estádio do Café, Abel Ferreira repetiu a vitória da primeira mão diante do Juazeirense, do quarto escalão, com o Palmeiras a vencer por 2-1 com golos de Danilo (42 minutos) – que horas antes tinha sido convocado pela primeira vez para a seleção brasileira – e de Raphael Veiga, de grande penalidade (82).

Pelo Juazeirense marcou aos 51 minutos Nildo Petrolina, de 36 anos, antigo avançado de Trofense, Beira-Mar, Arouca, Moreirense, Desportivo das Aves e Leixões.

A Taça do Brasil é um dos troféus já conquistados por Abel Ferreira, quando em 2020 venceu nos dois jogos da final o Grémio (2-0 e 1-0).

.

Exit mobile version