World Trade Center, em Oeiras, um dos maiores centros de negócios do país recebe visita inaugural

World Trade Center, em Oeiras, um dos maiores centros de negócios do país, recebe visita inaugural

Está agendada a primeira visita ao espaço do World Trade Center, em Oeiras, para esta quinta-feira. O World Trade Center é um dos maiores centros de negócios do país, que vai ligar a capital portuguesa a cerca de 90 geografias em todo o mundo.

O evento vai contar com a presença de Isaltino Morais, presidente da Câmara de Oeiras e um dos responsáveis do grupo Foz Vintage, Vasco Fonseca, que vai fazer uma breve apresentação do projeto, antes do início da visita.

Um dos maiores edifícios da nova geração de escritórios de Portugal vai ser construído em Carnaxide, tendo como data de conclusão prevista o final deste ano. O World Trade Center (WTC) é o primeiro e único projeto do género no país, num investimento que deverá ascender a cerca de 120 milhões de euros.

O complexo, situado no corredor de Lisboa, será destinado a comércio e serviços e deverá custar cerca de 120 milhões de euros. O edifício, que será um dos maiores centros de negócios em Portugal, vem dar resposta à procura crescente por espaços empresariais ajustados aos novos conceitos de trabalho.

“É um espaço flexível, adaptável e evolutivo que vai agregar três grandes benefícios: plataforma de negócios sustentada em modelos que favorecem o sucesso empresarial, um workplace orientado para o futuro, para a tecnologia e para a produtividade e um ambiente que favorece um lifestyle focado na sustentabilidade e no bem-estar”, lê-se no comunicado enviado às redações. Será também o  primeiro edifício a receber as certificações Leed Gold e Well Gold.

O empreendimento compreende uma área total de 70.000 metros quadrados (m2), separados em dois edifícios de escritórios, que totalizam 25.000 m2 e áreas de retalho com 4.000 m2.

Os dois edifícios terão 8 pisos acima do solo, com pátios exteriores e um rooftop em cada edifício, estando igualmente prevista a edificação de um hotel com capacidade para 127 quartos e cerca de 800 lugares de estacionamento subterrâneo e 200 no exterior.

A comercialização do edifício é da responsabilidade das consultoras imobiliárias Cushman & Wakefield e Worx, num projeto arquitetónico com a assinatura do atelier JQPV Arquitetos Associados. O projeto tem como mote o conceito “Hi Tomorrow”, inspirado na arquitetura do próprio edifício.

“O WTC centra-se num universo focado nas pessoas, na sua visão, nas suas ideias, nos seus sonhos. Pretende transmitir uma visão assente num modelo inteligente, criativo e colaborativo, onde os objetivos de negócio, o network empresarial, a tecnologia, a conveniência e o bem-estar se conjugam”, é explicado na mesma nota referente ao projeto.

“Numa altura em que vivemos alguma retração por parte de muitos segmentos que impactam a economia em Portugal e no mundo, ficamos orgulhosos por lançar no mercado um projeto com tão grande potencial. Este permite-nos olhar o amanhã com mais coragem e otimismo e dirige-se a pessoas e empresas que querem ver desenvolvidas as suas ideias e os seus negócios, beneficiando de um espaço que promove inovação tecnológica, networking empresarial, workplace do futuro e boas práticas de mobilidade e de sustentabilidade”, observou Vasco Fonseca, COO da Foz Vintage.

Exit mobile version