Notícias Sociedade

CGD anuncia apoio a famílias com dificuldades em pagar prestação da casa

Banco público reduzirá spread do empréstimo à habitação

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) avançará com um apoio às famílias que estejam enfrentando dificuldades para pagar a prestação da casa. O banco público irá cortar o spread do empréstimo pago por esses clientes, aplicando uma redução de 50 pontos base no crédito à habitação. A medida tem como objetivo auxiliar as famílias que se enquadrem no crédito bonificado, conforme o novo decreto-lei do Governo para mitigar o aumento do custo de vida. O apoio será temporário e entrará em vigor no segundo semestre de 2023.

Quem será beneficiado pelo apoio?

O presidente executivo da CGD, Paulo Macedo, anunciou a medida durante o CEO Banking Fórum, evento anual da SIC Notícias/Expresso. Segundo ele, a iniciativa beneficiará as “pessoas com condições mais frágeis”, utilizando o enquadramento definido para o crédito bonificado. Cada caso será analisado individualmente pelo banco para determinar a concessão da redução no spread do empréstimo à habitação.

Crédito bonificado: uma forma de aliviar o custo de vida

O crédito bonificado é uma modalidade oferecida pelo Governo para apoiar famílias que enfrentam dificuldades financeiras devido ao aumento do custo de vida. Com a nova medida anunciada pela CGD, essas famílias terão uma redução no spread do empréstimo à habitação, o que contribui para diminuir as prestações mensais e aliviar sua situação financeira.

Impacto na economia nacional

A medida adotada pela Caixa Geral de Depósitos pode trazer benefícios não apenas às famílias beneficiadas, mas também à economia nacional. Ao aliviar a carga financeira das famílias com dificuldades, é possível estimular o consumo e a circulação de dinheiro no mercado interno, favorecendo a retomada da economia. Além disso, ao evitar a inadimplência no pagamento das prestações da casa, a CGD contribui para manter a estabilidade do setor imobiliário.

Leia também:  Cartas de condução do Reino Unido reconhecidas por mais um ano em Portugal

Outros bancos podem seguir o exemplo da CGD

A iniciativa da Caixa Geral de Depósitos pode servir como exemplo para outros bancos nacionais, que poderiam adotar medidas similares para apoiar seus clientes em dificuldades financeiras. Isso fortaleceria ainda mais a economia do país e garantiria maior segurança aos cidadãos que enfrentam adversidades financeiras temporárias.

  • Apoio temporário: a redução no spread do empréstimo à habitação será aplicada de forma temporária, durante o período em que as famílias enfrentarem dificuldades financeiras;
  • Crédito bonificado: a medida destina-se às famílias que se enquadrem no crédito bonificado, conforme o novo decreto-lei do Governo;
  • Análise individual: cada caso será analisado pela CGD para determinar a concessão da redução no spread do empréstimo à habitação;
  • Entrada em vigor: o apoio entrará em vigor no segundo semestre de 2023.

Com a medida anunciada pela Caixa Geral de Depósitos, espera-se que muitas famílias possam encontrar alívio financeiro e enfrentar com maior tranquilidade as dificuldades impostas pelo aumento do custo de vida. Resta saber se outros bancos seguirão o exemplo da CGD e também implementarão medidas similares para apoiar seus clientes nesse momento desafiador.

Fontes

  • https://sicnoticias.pt/economia/2023-05-25-CGD-anuncia-apoio-a-familias-com-dificuldades-em-pagar-a-prestacao-da-casa-1d1baf03
  • https://www.zerozero.pt/news_rss.php?id=235998
  • https://observador.pt/2023/05/25/cgd-anuncia-corte-nos-spreads-de-familias-com-bonificacao-nos-juros-do-credito-a-habitacao/